Resolução de Solidariedade com Ayotzinapa

ayotzinapa_nercz5iRM91r2op9yo1_500ayotzinapage001

Os Partidos Comunistas e Operários reunidos no XVI Encontro Internacional, celebrado em Guayaquil, Equador, condenam a brutal repressão desencadeada contra estudantes da escola normal rural de Ayotzinapa, Guerrero.

Assinalamos que Ayotzinapa é o último elo de uma longa cadeia de genocídio perpetrado pelo Estado mexicano contra seus opositores, dirigido a aterrorizar e imobilizar a classe trabalhadora e o povo do México, que manifestam uma crescente insubmissão ante o poder dos monopólios. Recordamos que 7 comunistas do PCM foram assassinados no ano passado. Denunciamos a responsabilidade direta daqueles que foram o braço executor do massacre, o PRD, denunciamos as responsabilidades políticas da coalizão e de seus representantes – inclusive López Obrador, que promoveram o governador de Guerrero e o prefeito de Iguala quando eram candidatos, ao bloco de partidos conhecido como “Pacto pelo México” (PRI, PAN, PRD), instrumentalizaram as políticas antipopulares e criaram os mecanismos paramilitares que conduziram à atual situação.

Expressamos nossa solidariedade com o povo do México. Ayotzinapa foi a gota que derramou o copo, previamente, cheio de guerra e repressão, de medidas bárbaras para repassar o custo da crise à classe operária e ao povo, da reforma trabalhista, agrária, fiscal, energética, etc. Apoiamos o povo do México e declaramos que é legítima sua consigna pela derrocada do atual governo, assim como são legítimas todas as formas de luta que considere necessárias para obter uma saída favorável aos interesses populares.

Partidos signatários

Partido Comunista de Argentina,
Partido Comunista de Australia,
Tribuna Democrática Progresista-Bahrein,
Partido del Trabajo de Bélgica,
Partido Comunista Brasileño,
Partido Comunista Inglés,
Partido Comunista de Bolivia,
Partido Comunista de Canadá,
Partido Comunista de Chile,
Partido Comunista de China,
Partido Comunista Colombiano,
FARC-EP,
Partido Vanguardia Popular de Costa Rica,
Partido Socialista Obrero de Croacia,
Partido Progresista del pueblo Trabajador de Chipre-AKEL,
Partido Comunista de Bohemia y Moravia,
Partido Comunista en Dinamarca,
Partido Comunista de Ecuador,
Partido Comunista de Finlandia,
Partido Comunista Unificado de Georgia,
Partido Comunista Alemán,
Partido Comunista de Grecia,
Partido de los Trabajadores de Hungría,
Partido Comunista de la India,
Partido Comunista de Irlanda,
Partido de los Comunistas Italianos,
Partido del Trabajo de Corea,
Partido Comunista Libanés,
Frente Popular Socialista de Lituania,
Partido Comunista de Malta,
Partido Comunista de México,
Partido Comunista de Noruega,
Partido Comunista de Paquistán,
Partido Comunista de Palestina,
Partido del Pueblo de Panamá,
Partido Comunista Peruano,
Partido Comunista del Perú Patria Roja,
Partido Comunista de Filipinas 1930,
Partido Comunista de la Federación Rusa,
Partido Comunista Obrero de Rusia,
Partido Comunista de la Unión Soviética,
Unión de Partidos Comunistas Soviéticos,
Partido Comunista de los Pueblos de España,
Comunistas de Cataluña,
Partido Comunista de Sri Lanka,
Partido Comunista Sudafricano,
Partido Comunista de Siria Unificado,
Partido Comunista, de Turquía,
Partido Comunista de los Estados Unidos.

Fontes: PCB (tradução para português), PCM (original)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s