Vamos bloquear as novas medidas! Não aos memorandos intermináveis!

manif11junPAMEMASIMG_1769IMG_1789 20150611_195731 IMG_20150611_195041 ypourgeio 2ΠΑΝΕΠΙΣΤΗΜΙΟΥ_05preveza-3preveza-4

VAMOS BLOQUEAR AS NOVAS MEDIDAS

NÃO AOS MEMORANDOS INTERMINÁVEIS

E ÀS NOVAS MEDIDAS QUE ARRUINAM O POVO

Não à pobreza!

Não às novas medidas!

Não a mais sacrifícios!

Já sangramos que chegue! Já pagamos que chegue!

Pelos nossos filhos e pela nossa vida devemos resistir.

Nós podemos vencer a pobreza e a miséria!

O governo de coligação SYRIZA-ANEL continua os ataques sem precedentes dos governos da  Nea Dimokratia (Nova Democracia) e do PASOK contra os trabalhadores e os direitos do povo. O dito “orgulho nacional” e a dita “negociação dura” estão a aproximar-nos ainda mais de um pacote de novas medidas duras.

Nós não vamos deixar passar a opacidade, a ilusão, o compromisso, a sensação de derrota. Contra as chantagens, contra as mentiras, contra as promessas falsas e os compromissos honrosos devemos erguer-nos para a luta com maior energia.

Temos a força! Devemos acreditar no poder da luta colectiva, para pressionar em cada sector, em cada posto de trabalho. Devemos usar a nossa força de formas que ainda não foram usadas. Devemos ir à luta com ainda mais determinação.

Trabalhadores, desempregados, jovens

Não vos sentais com a cabeça baixa.

Não fiquem fora da luta em curso.

Não vos deixeis enganar pelos exploradores, pelos governos velhos e novos e pela gente deles. Não esperem em vão. A esperança ainda não veio para vocês.

O novo acordo anti-popular, o novo “memorando”, contém novas medidas que completam e fortalecem as anteriores. Nenhuma lei anti-operária e anti-popular do memorando anterior foi anulada.

TODOS À LUTA!

Dizemos NÃO:

Aos cortes constantes no rendimento do povo.

E a novos impostos.

As nossas vidas não aguentam quaisquer novas medidas. As nossas necessidades não podem esperar! Aqui e agora contra as chantagens e a aterrorização nós devemos lutar por:

Subidas dos salários e das pensões.

Cobertura das perdas populares.

Restabelecimento dos Contractos Colectivos.

Protecção para todos os desempregados.

Nós devemos responder com luta contra os exploradores que são responsáveis pela nossa pobreza.

O POVO NÃO DEVE NADA A NINGUÉM! ELES DEVEM-NOS A NÓS!

Fonte: PAME

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s