CSI (Confederação de Sindicatos Internacional) – Agentes do FMI, da Comissão Europeia e do Governo Grego

ituc_etuc ITUCc1AM5RFk ETUC_13th_Congresstraidores864_0PELEGAOOOOOOOOOOeuros-mendez-y-toxo

Comunicado da PAME de 11 de Fevereiro

Os trabalhadores da Grécia, os camponeses pobres, os auto-empregados e os jovens cientistas lutamos contra o Decreto-Carniceiro, legislado pelo Governo Grego, pela União Europeia, pelo FMI e pelos Federação de Industriais Gregos.

A primeira reivindicação para todos nós é que o Governo Grego RETIRE o Decreto. A Segurança Social tem de ser paga pelo Estado e pelos Empregadores.

O Governo convida os sindicatos à discussão e para haver diálogo neste Decreto-Carniceiro em particular. TODOS os Sindicatos até hoje recusaram tomar parte neste falso diálogo, que só discutirá sobre o Decreto da Troika. TODOS nós exigimos ao Governo a RETIRADA do Decreto-Carniceiro. Nós exigimos que a Segurança Social seja um sistema baseado nas necessidades actuais dos trabalhadores e dos camponeses.

Nós não tomamos parte num diálogo que é baseado nas propostas do Governo, da UE, do FMI e dos Industriais.

Neste momento, quando o Governo Grego está isolado e as nossas lutas crescem, com grande destaque até hoje para a magnífica Greve Geral de 4 de Fevereiro, vem esta liderança da CSI apelar aos trabalhadores da Grécia para que vão dialogar com o Governo Grego.

Assim diz a CSI: “Diálogo social aberto efectivo com os representantes dos trabalhadores (é) a única maneira de dinamizar a paz social”.

A CSI apoia o falso diálogo social baseado nas propostas do FMI, da UE e do Governo Grego. Esta posição da direcção da CSI é a mesma posição que a da Federação dos Industriais Gregos, que também pedem diálogo!

Nós denunciamos a liderança da CSI que, mais uma vez, se alinha com a estratégia dos monopólios.

A classe trabalhadora da Grécia NÃO tomará parte de nenhum falso diálogo!

Nós exigimos que o Governo RETIRE o Decreto-Carniceiro. Nós exigimos que a Segurança Social seja um sistema baseado nas necessidades actuais dos trabalhadores e dos camponeses.

Fonte: PAME

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s