Jovens comunistas gregos: O Comunismo é a juventude do mundo, KNE é nossa organização!

PAMEWP_20150703_13_16_42_Pro

Com a participação massiva de membros e amigos da KNE, aconteceu em um estádio interno de Atenas, no sábado, 20 de fevereiro, um grande ato político-cultural organizado pelo Conselho Central da Juventude Comunista da Grécia (KNE), pelos 40 anos do primeiro Congresso da Organização, que ocorreu no mesmo lugar em fevereiro de 1976.

O título do ato era “filho maduro da necessidade e da raiva”, que são dois versos do poeta comunista Kostas Varnalis (1884-1974), que acompanha a KNE desde sua fundação e foram publicados na capa de Odigitis, o órgão do Conselho Central da KNE desde o primeiro exemplar ilegal de sua circulação em 1968, que anunciava a fundação da Organização, até hoje.

Em um ambiente aconchegante, de camaradagem e cheio de entusiasmo revolucionário, consignas como “O Comunismo é a juventude do mundo, a KNE é nossa organização!”, assim como “Luta, conhecimento, coragem e resistência, adiante por uma KNE forte e maciça!”, “Um século de lutas e sacrifícios, o KKE na vanguarda!”, sucediam um ao outro. Com os punhos levantados e com as bandeiras vermelhas, aplaudindo e gritando consignas, foi recebida uma ampla representação do Comitê Central do KKE, liderada pelo Secretário do Comitê Central do Partido, Dimitris Koutsoumbas. Destacou-se a presença de membros, amigos e acompanhantes do Partido que, há 40 anos, participara do I Congresso da KNE.

O principal orador do ato foi o Secretário do Conselho Central de la KNE, Nikos Ambatielos, que ressaltou que os membros da KNE são caracterizados por crenças e firmezas inabaláveis na luta, com consciência da responsabilidade e das exigências elevadas pelo legado militante e a convertem em um guia valioso, tiram experiências e lições. “Nossas ideias são invencíveis porque são reais”, anotou em seu discurso e acrescentou: “São guia para a ação de hoje, em condições complexas com novas dificuldades. Que se vê que a roda da evolução gira lentamente, tortuosamente. Tiramos força, ou seja, conhecimento, resistência, coragem. Mantemos acesa a chama da luta revolucionária”. Referiu-se também aos elevados objetivos da KNE ante o ano de 2018, no qual comemoram-se 100 anos da fundação do KKE e 50 da fundação da KNE. Por uma KNE mais forte e massiva.

Ao final de sua intervenção, N. Ambatielos chamou ao palco para uma saudação Dimitris Gontikas, membro do Birô Político do Comitê Central do KKE que, durante o I Congresso da KNE, em 1976, era o Secretário do Conselho Central da Organização. “Todos nós que experimentamos ou observamos o desenvolvimento da KNE desde seus primeiros passos, com emoção e com grande orgulho, estamos ante vocês hoje. Saudamos com uma satisfação particular o novo turno de nosso movimento revolucionário e estamos certos de que responderá à sua missão ainda melhor que as gerações anteriores”, disse D. Gontikas em sua saudação e ressaltou: “Está claro. Estamos experimentando as dores do parto da história. O futuro está diante e é o Socialismo-Comunismo”.

Na abertura do ato, apresentou-se um vídeo que descrevia a história da KNE, enquanto o ato encerrou com canções políticas que acompanharam as lutas do povo grego nas últimas décadas, tocadas por jovens músicos, assim como o hino da KNE.

Fonte: Partido Comunista Brasileiro (PCB)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s